sábado, 20 de agosto de 2011

ATIVIDADES CIENTÍFICO-CULTURAIS DO CURSO DE LETRAS 1º SEMESTRE - 2010

A atividade a seguir destina-se aos alunos de Letras da Faculdade Unida de Suzano - Unisuz - embora seja um espaço público de discussão e criação.
Leia as diferentes versões do poema Canção do Exílio, originalmente escrito pelo poeta Gonçalves Dias, coloque um comentário sobre a temática dos textos e, em seguida, proponha sua versão para o poema com base no Brasil de hoje...bom trabalho!!


CANÇÃO DO EXÍLIO

Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá;
As aves, que aqui gorjeiam,
Não gorjeiam como lá.
Nosso céu tem mais estrelas,
Nossas várzeas têm mais flores,
Nossos bosques têm mais vida,
Nossa vida mais amores.
Em cismar, sozinho, à noite,
Mais prazer eu encontro lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.
Minha terra tem primores,
Que tais não encontro eu cá;
Em cismar –sozinho, à noite–
Mais prazer eu encontro lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.
Não permita Deus que eu morra,
Sem que eu volte para lá;
Sem que disfrute os primores
Que não encontro por cá;
Sem qu'inda aviste as palmeiras,
Onde canta o Sabiá.

De Primeiros cantos (1847)
Gonçalves Dias




CANTO DE REGRESSO À PÁTRIA

Minha terra tem palmares
Onde gorjeia o mar
Os passarinhos daqui
Não cantam como os de lá
Minha terra tem mais rosas
E quase tem mais amores
Minha terra tem mais ouro
Minha terra tem mais terra
Ouro terra amor e rosas
Eu quero tudo de lá
Não permita Deus que eu morra
Sem que volte pra São Paulo
Sem que eu veja a rua 15
E o progresso de São Paulo

Oswald de Andrade



CANÇÃO DO EXÍLIO ÀS AVESSAS

Minha Dinda tem cascatas
Onde canta o curió
Não permita Deus que eu tenha
De voltar pra Maceió.
Minha Dinda tem coqueiros
Da ilha de Marajó
As aves, aqui, gorjeiam
não fazem cocoricó.
O meu céu tem mais estrelas
Minha várzea tem mais cores.
Este bosque reduzido
Deve ter custado horrores.
E depois de tanta planta,
Orquídea, fruta e cipó
Não permita Deus que eu tenha
De voltar pra Maceió.
Minha Dinda tem piscina,
Heliporto e tem jardim
Feito pelas Brasil’s Garden
Não foram pagos por mim.
Em cismar sozinho à noite
Sem gravata e paletó
Olho aquelas cachoeiras
Onde canta o curió.
No meio daquelas plantas
Eu jamais me sinto só.
Não permita Deus que eu tenha
de voltar pra Maceió.
Pois no meu jardim tem lago
Onde canta o curió
E as aves que lá gorjeiam
São tão pobres que dão dó.
Minha Dinda tem primores
de floresta tropical
Tudo ali foi transplantado
Nem parece natural
Olho a jabuticabeira
Dos tempos da minha avó.
não permita Deus que eu tenha
de voltar pra Maceió.
Até os lagos das carpas
São de água mineral.
Da janela do meu quarto
Redescubro o Pantanal
Também adoro as palmeiras
Onde canta o curió
Não permita Deus que eu tenha
De voltar pra Maceió.
Finalmente, aqui na Dinda,
Sou tratado a pão-de-ló
Só faltava envolver tudo
Numa nuvem de ouro em pó.
E depois de ser cuidado
Pelo PC com xodó,
não permita Deus que eu tenha
de voltar pra Maceió.

JÔ SOARES

AGORA É A SUA VEZ!! ESCREVA SUA VERSÃO PARA A CANÇÃO DO EXÍLIO!!

12 comentários:

  1. A canção do exílio retrata o patriotismo e o amor à nossa terra, varias versões surgiram para expressar pensamentos e sentimentos sobre diferentes pontos de vista. Nos dias atuais eu reproduziria desta forma:
    “Minha terra tem palmeiras
    Onde canta o sabiá
    É uma terra de belezas
    Lugar igual não há
    Tem frutos nunca vistos
    Como o açaí e o guaraná
    O céu é azul como o mar
    Pena que o homem vive a maltratar
    Deus permita que eu não morra
    Sem que veja isso mudar,
    Minha terra tem palmeiras
    Onde canta o sabiá”.

    ResponderExcluir
  2. Ana Paula Dantas 247222 de outubro de 2011 06:07

    É muito interessante este brincar com este texto tão rico e o legal é este espaço aberto para brincar com as palavras...As minhas são poucas , mas mostram a minha indignação sobre o tráfico de animais...
    Minha terra tem palmeiras
    Mas estão sumindo os sabiás
    As aves não mais gorjeiam
    Pois estão a aprisionar
    Permita Deus que não sumam
    Os que ainda estão a cantar.

    ResponderExcluir
  3. Anderson Fernandes dos Reis rgm 3599-6° letras26 de novembro de 2011 05:34

    Uma das mais belas poesias de todos os tempos, retrata com riqueza de detalhes as belezas de nossa terra e a saudade de um exilado, porém temos que nos atentar, pois estão acabando com a nossa beleza e isso é uma vergonha, a corrupção, a destruição da amazônia, a venda de animais e etc. O país mais belo do mundo não merece ser tão mal tratado por nossos governantes.
    "Minha terra é tão bonita
    Quantas belezas há por lá
    Não permita Deus que os políticos
    Acabem com a beleza que lá há"

    ResponderExcluir
  4. Eu sou péssima com rimas e coisas assim, mas inventei uns versinhos pobres:

    "Minha terra tem palmeiras e outros times mais
    E em vez de primeira em educação
    É primeira em futebol...
    Só não é a última, graças à Tunísia."

    ResponderExcluir
  5. RAQUEL DA SILVA GUERRA RGM:5185

    2º PEDAGOGIA "A".O POEMA DE GONÇALVES DIAS , RETRATA O AMOR PATERNAL DE UM FILHO PELOS SEU PAI OU SEJA DO BRASILEIRO PELA SUA PATRIA , EM CADA PALAVRA ELE DEMONSTRA O SEU AMOR ABSOLUTO E SUA PREOCUPAÇÃO COM O SEU FUTURO É UMA FORMA DIFERENTE E SIMPLES QUE O GRANDE POETA ENCONTROU PARA DEMONSTRAR SEU AFETO PELO SEU PAÍS.
    VALORIZOU NOSSAS RIQUEZAS , QUE SÃO OS NOSSOS BOSQUES , CAMPOS VERDES QUE SIMBOLIZAM NOSSAS RAÍZES .

    AFINAL O POVO BRASILEIRO É CONHECIDO POR SE SUPERAR A CADA DIA , POR LUATAR SEMPRE PELO SEU PÃO DE CADA DIA .

    ResponderExcluir
  6. 1° Semestre de Letras Vanessa Camilo Alves:
    O que é preciso nos dias atuais são pessoas que ainda demonstrem sensibilidade, amor, compaixão e emoção, estamos muito ocupados, muito confusos e as vezes até desanimados quando vemos as situações da nossa cidade e país só tenho a dizer:
    MINHA TERRA TEM RIQUEZAS EM AINDA NÃO FORAM ENCONTRADAS
    MINHA TERRA TEM SONHOS QUE AINDA NÃO FORAM REALIZADOS
    MINHA TERRA TEM PESSOAS SOFRENDO AS VEZES CALADAS
    MINHA TERRA PRECISA DE AJUDA, POIS PRECISA SER AMADA.

    VANESSA CAMILO ALVES

    ResponderExcluir
  7. Aureni caldeira rgm 4844 1º Letras
    Minha terra tinha riquezas que foram levadas
    Minha terra foi muito explorada
    Minha terra tem pessoas jogadas na ruas
    Minha terra precisa ser mais valorizada.

    ResponderExcluir
  8. Ivanete Vieira Lobo RGM:4441
    NUNCA CONSIGO LER ESTE POEMA SEM ME EMOCIONAR.... POR ISSO VAI AQUI UMA DECARAÇÃO DE AMOR..
    MINHA TERRA TEM POETAAS
    MINHA TERRA TEM CANÇÕES
    MINHA TERRA TEM AMORES
    QUE TOCAM OS CORAÇÕES
    ESSES AMORES SÃO OS VERSOS
    VERSOS ARREBATADORES
    MINHA TERRA TEM PALAVRAS
    MINHA TERRA TEM TUDO O QUESE PODE TER

    AMORES

    ResponderExcluir
  9. minha terra tem crianças
    que andam daqui paralá
    enquanto não estudaram
    essa história não vai acabar.

    ResponderExcluir
  10. Silvana vicente da cunha ramalho rgm 4249 5º Letras.
    Minha terra é preciosa
    Pena que é não valorizada
    Tantas injustiças mal acabadas..

    ResponderExcluir
  11. Este texto riquíssimo, retrata vários elementos de nossa terra que infelizmente não foram bem protegidos e por isso hoje temos:

    Minha terra não tem muitas palmeiras
    Para sabiás cantarem
    Existem muita gente baderneira
    Reivindicando de tudo até ganharem
    Não permita Deus que eu morra
    Sem que ajude de alguma forma
    Esta terra de pessoas
    Que desejam infelizmente só sonharem.

    ResponderExcluir